Angola foi o sétimo destino do investimento estrangeiro em África em 2015

25 October 2016

Angola foi o sétimo destino do investimento directo estrangeiro em África em 2015, de acordo com o relató“The Africa Investment Report 2016” publicado pelo Financial Times.

Angola captou projectos de investimento estrangeiro no valor de 2,7 mil milhões de dólares em 2015, absorvendo quatro por cento do total investido em África.

O maior investidor externo em Angola foi a petrolífera francesa Total E&P, com 2,2 mil milhões de dólares, que se tornou no terceiro maior investidor externo no continente africano.

Depois do Egipto (14,5 mil milhões de dólares) surgem a Nigéria (8,6 mil milhões de dólares), Moçambique (5,1 mil milhões de dólares), a África do Sul (4,7 mil milhões de dólares), Marrocos (4,5 mil milhões de dólares), Costa do Marfim (3,5 mil milhões de dólares) e Angola (2,7 mil milhões de dólares).

O estudo mostra que 495 empresas investiram em África, o que traduz um acréscimo de seis por cento face a 2014. Ainda que os investimentos se tenham vindo a diversificar a indústria extractiva ainda lidera no que respeita aos investimentos efectuados provenientes do exterior, correspondendo a 23 por cento do investimento directo estrangeiro total.

O maior número de projectos foi dirigido à África do Sul, que captou 118 projectos de investimento, ou seja, 17 por cenot do total.

Seguem-se o Quénia (com 12 por cento dos projectos) Marrocos (10 por cento), Egipto (8 por cento), Nigéria (7 por cento), Gana (6 por cento), Moçambique (4 por cento), Etiópia (4 por cento), Costa do Marfim (4 por cento), Tanzânia (3 por cento) e Uganda (3 por cento). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH