São Tomé e Príncipe e Guiné Equatorial reactivam parceria para exploração de petróleo

26 October 2016

São Tomé e Príncipe e a Guiné Equatorial retomaram conversações com vista a criação de uma parceria para a exploração do petróleo na fronteira comum, anunciou terça-feira, o novo embaixador equato-guineense, Paulino Ekobo, com residência em São-Tomé.

Depois do Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho, ter recebido a sua carta credencial, Paulino Ekopo apontou a exploração de petróleo como uma das áreas prioritárias da sua missão diplomática no âmbito da cooperação entre a Guiné-Equatorial e São-Tomé e Príncipe.

“Durante a missão, tentaremos impulsionar para materializar o acordo firmado no sector de petróleo” – disse o diplomata da Guiné Equatorial tendo-se referido o reinício das conversações no quadro do processo iniciado há quase 12 meses entre as autoridades de ambos os Países.

O pré-acordo visando a constituição de uma parceria para a exploração do petróleo na fronteira comum foi acordado em Outubro de 2015 no final da visita do Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, a São Tomé e Príncipe.

Além da constituição de uma empresa mista afecta ao sector petrolífero, o pré-acordado prevê, essencialmente, a exploração de um bloco situado numa zona de sobreposição entre os dois estados-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

São Tomé e Príncipe possuí uma zona de exploração conjunta de petróleo com a Nigéria na base de um tratado político assinado em Fevereiro de 2001 resultante de conservações semelhantes, a que tem tido agora, com a Guiné-Equatorial.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH