Novo centro abastecedor de água aumenta produção na zona do Maputo, Moçambique

27 October 2016

Doze bairros limítrofes à capital de Moçambique, Maputo, recebem desde quarta-feira mais água na sequência da inauguração pelo Presidente, Filipe Nyusi, do Centro Distribuidor de Água de Intaka, no município da Matola, escreve o jornal Notícias.

O Centro que custou cerca de quatro milhões de dólares (324 milhões de medicais) foi construído pelo governo em parceria com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e vai servir 90 mil pessoas que vivem nos bairros de Intaka, Zimpeto, Khongolote, Boquisso, Mali, Cumbeza, Agostinho Neto, Muhalaze, 1.° de Maio, Matlhemele, Golhoza e Mucatine.

Com o Centro Distribuidor de Intaka, aumenta a capacidade de produção de 240 milhões para 360 milhões de metros cúbicos de água e a capacidade de reserva de 225 milhões para 295 milhões de metros cúbicos.

Na inauguração o Presidente Nyusi lembrou que durante o corrente ano foram também reabilitados e aumentados quatro sistemas de abastecimento de água para as cidades de Quelimane, Beira, Inhambane e Nacala (Nampula), beneficiando mais de 30 mil pessoas.

O embaixador da França em Moçambique, Bruno Clere, presente na cerimónia revelou que o empreendimento faz parte da extensão do projecto de melhoria do sistema de abastecimento de água potável de Maputo e Matola e anunciou que está em estudo a participação francesa no financiamento do projecto de  extensão da rede de abastecimento de água potável ao distrito municipal Catembe, que vai conhecer um maior desenvolvimento urbano após a conclusão, em 2017, da construção da ponte que liga Maputo e Catembe.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH