Moçambique terá central de energia solar em 2017

1 November 2016

A empresa Scatec Solar e o Fundo da Noruega para o Desenvolvimento (Norfund) assinaram segunda-feira em Maputo um contracto garantindo a venda de energia solar à estatal Electricidade de Moçambique (EdM) por um período de 25 anos, informou a empresa em comunicado.

O contracto foi assinado numa cerimónia que contou com a presença do ministro dos Negócios Estrangeiros da Noruega, Børge Brende, a efectuar uma visita a Moçambique e da ministra dos Recursos Minerais e da Energia de Moçambique, Letícia Klemens.

Este projecto, que é a primeira central de produção de energia solar de grande dimensão em Moçambique, ficará localizado na cidade de Mocuba, província da Zambézia, estando previsto que com uma capacidade instalada de 40 megawatts abasteça anualmente com 77 mil megawatts/hora cerca de 175 mil habitações.

Um acordo de accionistas foi também assinado entre a KLP Norfund Investments AS (22,5%), a Scatec Solar (52,5%) e a Electricidade de Moçambique (25%), estando o custo deste projecto estimado em 84 milhões de dólares.

O projecto será financiado em 64 milhões de dólares (76%) pela International Finance Corporation, do grupo Banco Mundial e o remanescente será garantido pelos accionistas, sendo que a parte que cabe à EdM será suportada pelo governo da Noruega, através de um donativo.

A Scatec Solar informou igualmente que se está a ultimar a parte financeira do projecto, estando o início da construção da central de energia solar prevista para o primeiro trimestre de 2017, com conclusão prevista para Dezembro desse mesmo ano. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH