China paga obras de extensão de auto-estrada na Guiné-Bissau

9 November 2016

Uma empresa da China vai dar início aos trabalhos de extensão da auto-estrada que liga Bissau ao aeroporto da cidade, o único aeroporto internacional da Guiné-Bissau, informou o ministro das Obras Públicas, Construção e Urbanismo Malam Bandjai.

O ministro, que usava da palavra na cerimónia de entrega da segunda fase do projecto de iluminação solar da cidade de Bissau das mãos do embaixador da China, Wang Hua, não revelou a identidade da empresa em questão nem o custo da obra, mas garantiu que tudo será pago pelo governo chinês.

O embaixador da China limitou-se a dizer que o seu país vai continuar a apoiar a Guiné-Bissau na luta contra a pobreza e o subdesenvolvimento.

A execução da segunda fase do projecto de iluminação solar à cidade de Bissau, tal como a primeira, foi inteiramente financiada pela China e executada com apoio de técnicos chineses e consistiu na colocação de postes de energia solar em algumas avenidas e ruas da capital da Guiné-Bissau.

O embaixador Wang Hua anunciou na cerimónia que a China vai garantir a manutenção dos referidos postes de iluminação. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH