Governo de Cabo Verde pretende acelerar programa de privatizações

16 November 2016

O governo de Cabo Verde pretende acelerar o programa de privatizações “para que o sector privado possa ter um papel mais decisivo no desenvolvimento do país”, afirmou terça-feira na Praia o ministro das Finanças, na abertura de um ciclo de seminários sobre privatizações e parcerias público-privadas.

O ministro Olavo Correia, citado pelo jornal A Semana, disse que o governo tem um programa de privatizações ambicioso, que inclui a gestão dos portos, aeroportos, energia e água, reparação naval, transportes aéreos, produção e comercialização de medicamentos, entre outros.

O titular da pasta das Finanças garantiu que este programa vai ser executado de “forma célere”, tendo em conta a necessidade que Cabo Verde tem de promover essas mudanças e alterações, bem como a criar de um ambiente macroeconómico e de negócios favorável para fazer o país crescer.

Olavo Correia falou também da necessidade de se acelerar a execução das reformas com transparência e com uma visão estratégica para o país e argumentou que estas reformas “visam não só a mobilização de recursos financeiros, mas também a criação de um ambiente que possa colocar o país na rota do crescimento garantindo em simultâneo a estabilidade macroeconómica e social.”

É que, entende o ministro, o programa de privatizações trará oportunidades ao sector privado nacional e permitirá a captação do investimento directo estrangeiro “que é essencial para aquilo que são as necessidades de Cabo Verde em matéria de financiamento e de conhecimentos.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH