Moçambique deverá produzir 120 mil toneladas de caju na campanha 2016/2017

17 November 2016

A comercialização de castanha de caju em Moçambique na campanha 2016/2017 deve atingir 120 mil toneladas contra perto de 100 mil contabilizadas na campanha anterior, disse o director do Instituto Nacional de Fomento do Caju (Incaju).

Ilídio Bande, que usava da palavra no distrito de Nampula no decurso do início oficial da campanha de comercialização 2016/2017, disse que há bons indicadores em todas as províncias produtoras de castanha, sendo por isso de prever que a meta referida será conseguida.

O início da campanha de comercialização da castanha é o culminar de um processo de preparação envolvendo produtores, fornecedores de serviços, entidades governamentais e outros intervenientes para que todo o processo decorra sem sobressaltos, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo.

O governador provincial de Nampula, Victor Borges, recordou ser a província o maior produtor de castanha de caju em Moçambique e apelou aos produtores para que combatam os problemas que afectam os cajueiros, nomeadamente as pragas e as queimadas descontroladas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH