Moçambique vai produzir 1,5 milhões de toneladas de aço

22 November 2016

A siderurgia a ser construída na província de Tete, centro de Moçambique, vai ter uma capacidade de produção anual de 1,5 milhões de toneladas de aço, afirmou segunda-feira o ministro da Indústria e Comércio, Max Tonela.

Ao apresentar os resultados do Estudo de Viabilidade do Projecto Industrial de Ferro e Aço da Baobab Resources, em que irão ser investidos 950 milhões de dólares, o ministro disse que o empreendimento irá criar 2580 pontos de trabalho, 85% dos quais a serem preenchidos por trabalhadores moçambicanos.

Este projecto da Baobab Resources inclui, além da siderurgia, uma central térmica a carvão com uma capacidade instalada de 250 megawatts de energia eléctrica.

O projecto é desenvolvido pela Baobab Resources Limited, uma empresa registada no Reino Unido, numa parceria com a International Finance Corporation (IFC) do Grupo Banco Mundial e que tem como parceiro tecnológico a multinacional Metallurgical Corporation of China, disse o ministro.

Os promotores, segundo o titular da pasta da indústria e comércio, investiram já mais de 50 milhões de dólares em trabalhos de pesquisa e desenvolvimento de estudos para a materialização do projecto.

O ministro recordou ter o governo, depois de apreciar o grande potencial deste projecto, aprovado a criação da Zona Franca Industrial de Rovubué, abrangendo os distritos de Chiúta e Moatize na província de Tete, com uma área de cerca de 4456 hectares.

A decisão abre espaço para a instalação no mesmo espaço de outras indústrias complementares à actividade do produção de aço promovido pela Boabab Resources. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH