China National Petroleum Corporation pondera investimentos em Moçambique

23 November 2016

O grupo China National Petroleum Corporation (CNPC) poderá investir a prazo na construção de infra-estruturas de exploração e processamento de gás natural em Moçambique, afirmou o director do departamento internacional do grupo, Wang Hongtao.

O investimento, que será a materialização da assinatura de um memorando entre a CNPC e a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) em Maio, está dependente da conclusão das pesquisas numa área da bacia do Rovuma.

Uma missão da CNPC, liderada pelo presidente Wang Yilin, encontra-se actualmente em Moçambique para estudar e avaliar os termos de cooperação entre as duas empresas no sector de recursos naturais, nomeadamente a construção de gasodutos para o escoamento do gás e uma central para a produção de energia eléctrica.

“Somos parceiros da ENI e temos um acordo de cooperação com a ENH, estando o presidente da CNPC em Moçambique para discussões em torno dessa parceria e avaliar os passos a seguir à assinatura do memorando”, disse o director, citado pelo matutino Notícias, de Maputo.

“Não podemos avançar sem que as pesquisas estejam concluídas pelo que estamos a trabalhar com o nosso parceiro, a ENI, para desenvolver o bloco e aguardamos com expectativa o trabalho que está a ser levado a cabo na prospecção”, acrescentou.

O grupo CNPC está actualmente envolvido em 17 projectos no sector do petróleo e gás natural, destacando-se, além de Moçambique, o Chade, Sudão, Sudão do Sul, Níger, Nigéria, Tunísia e Argélia com uma produção de mais 16,71 milhões de toneladas em 2015. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH