Angola exporta farinha de peixe para países vizinhos

6 December 2016

Empresas angolanas exportaram mais de 19,4 mil toneladas de farinha de peixe para os países vizinhos desde o início do ano, revelou segunda-feira, em Luanda, a ministra das Pescas, Victoria de Barros Neto.

A ministra disse que a exportação daquele produto permitiu um encaixe de 7,7 milhões de dólares e acrescentou que a venda para o estrangeiro de 3500 toneladas de crustáceos rendeu às empresas exportadoras 22,5 milhões de euros, de acordo com a agência noticiosa Angop.

“Além destes dois produtos, que continuam ser os principais bens do sector das pescas a serem exportados, Angola exportou também sal, peixe seco e congelado”, disse ainda a titular da pasta, no decurso do II Conselho Consultivo do Ministério das Pescas, decorrido segunda-feira, na capital do país.

Victoria de Barros Neto referiu que em termos de matéria de investimento público estruturantes estão em curso as obras de construção do terminal de pesca do Tômbua, bem como a escola de pesca Cefopesca em Luanda e salientou a inauguração da segunda fase do centro de produção de larvas, na província do Cuanza Norte, e o Centro de apoio à pesca artesanal na ilha de Luanda, que apoiará os pescadores e as peixeiras.

O II Conselho Consultivo do Ministério das Pescas, que decorreu sob o lema “Pesca e aquicultura – uma alternativa para a diversificação da economia”, teve como objectivo proceder ao balanço das actividades desenvolvidas pelo sector no ano económico de 2016 e perspectivar a agenda de trabalho para 2017. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH