Empresa chinesa Didi Chuxing investe na brasileira 99

5 January 2017

A empresa Didi Chuxing, conhecida como a Uber da China, lidera um grupo de investidores que vai aplicar mais de 100 milhões de dólares na empresa brasileira 99, que gere a aplicação de transportes 99Taxis, anunciaram as duas empresas em comunicado divulgado quarta-feira.

Nos termos do acordo alcançado, a Didi Chuxing terá direito a nomear um membro do conselho de administração da 99 e, em troca, garantirá “orientação estratégica e apoio.”

As duas empresas, ao anunciarem o negócio, omitiram o montante preciso do investimento, qual a participação do capital da 99 que a Didi Chuxing adquiriu e qual a identidade dos outros investidores.

Presente no Brasil e na América Latina, a 99 tem hoje mais de 140 mil motoristas registados ao seu serviço, com mais de 10 milhões de utilizadores.

“A 99 está muito animada com essa parceria com a Didi, a maior e melhor plataforma de partilha de percursos. Vamos expandir nosso serviços e remodelar o perfil competitivo do mercado na América Latina”, declarou Paulo Veras, presidente executivo da 99, que permanece no cargo.

Constituída em 2012, a 99 começou como uma aplicação centrada em táxis mas, com a concorrência gerada com a chegada da Uber ao Brasil, criou novas categorias de serviços, como o 99POP, com motoristas particulares (em serviço semelhante ao Uber X) e o 99TOP, com táxis de luxo.

A Didi Chuxing, fundada em 2015, a partir da fusão de duas aplicações chinesas de transportes, Didi e Kuaidi, é actualmente com a mais importante aplicação de transportes da China, tendo adquirido em Agosto de 2016 a operação da Uber na China.

A empresa, que está presente em mais de 400 cidades chinesas e que presta serviços a 400 milhões de pessoas, conta entre os seus investidores com empresas como a Alibaba, Foxconn e Apple. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH