China Road & Bridge Corporation manifesta interesse em construir porto em São Tomé e Príncipe

A empresa China Road & Bridge Corporation (CRBC) manifestou interesse em participar nos projectos que visam a construção de um porto de águas profundas e na modernização do aeroporto em São Tomé e Príncipe, anunciou quinta-feira em São Tomé um representante da empresa.

Zhang Weimin fez este anúncio à saída de uma audiência que lhe foi concedida pelo Presidente de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, tendo sublinhado estar a empresa que representa igualmente interessada em participar em outros projectos de infra-estruturas.

A declaração do representante da CRBC, que se fez acompanhar do encarregado do negócios da China em São Tomé, Wu Yi, surgiu 48 horas depois do primeiro-ministro são-tomense ter anunciado a chegada de nove grandes empresas da China ao arquipélago para analisarem em conjunto grandes obras de infra-estruturas no arquipélago.

Com um custo estimado em cerca de 800 milhões de dólares, o primeiro porto em águas profundas do país deverá ser construído na zona de Fernão Dias, distrito de Lobata a 12 quilómetros da capital São Tomé, enquanto a modernização do aeroporto internacional está estimada em pouco mais de 15 milhões de dólares.

São Tomé e Príncipe e a República Popular da China restabeleceram relações diplomáticas há cerca de duas semanas, em detrimento de Taiwan que apoiava o arquipélago com um pacote financeiro estimado em 16 milhões de dólares anuais. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH