Preços em Luanda, Angola, aumentam mais de 40% em 2016

18 January 2017

Os preços na província de Luanda registaram um agravamento de 41,95% em 2016, valor que representa um aumento de 27,68 pontos percentuais relativamente ao valor contabilizado um ano antes, informou o Instituto Nacional de Estatística (INE) de Angola.

O INE, referindo-se ainda à província de Luanda, informou que o Índice de Preços no Consumidor registou um aumento de 2,17% em termos mensais (Dezembro 2016/Outubro 2016), tendo salientado que das 12 classes de despesa oito apresentaram taxas superiores à unidade.

Estão neste caso as classes Bebidas Alcoólicas e Tabaco (+4,01%), Vestuário e Calçado (+3,26%), Lazer, Recreação e Cultura (+3,50), entre outras.

O Índice de Preços no Consumidor Nacional, que pondera a inflação nas 18 províncias angolanas, registou uma variação de 2,04% em Dezembro, abaixo dos 2,29% de Novembro, seguindo a tendência de abrandamento iniciada no quarto trimestre do ano passado.

As províncias que registaram maiores aumentos foram o Moxico, com 2,23%, Lunda Sul com 2,22%, Luanda com 2,17% e Cabinda com 2,21% e as com menores aumentos foram o Bié com 1,60%, Cuanza Sul com 1,86%, Zaire com 1,88% e Uíge com 1,95%.

As classes de despesa que tiveram maior influência no aumento dos preços em termos mensais foram Bebidas Alcoólicas e Tabaco, com uma variação positiva de 3,65%, Vestuário e Calçado com 3,02% e Bens e Serviços Diversos com 3,0%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH