União Europeia apoia agricultura de São Tomé e Príncipe

20 January 2017

São Tomé e Príncipe e a União Europeia (UE) assinaram quinta-feira em São Tomé um acordo de cooperação no valor de 6,7 milhões de euros para financiar o desenvolvimento da agricultura no arquipélago, anunciou o representante europeu, Helmut Kulitz.

O documento, que tem uma validade de quatro anos, foi assinado pelo ministro são-tomense dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Urbino Botelho e por Helmut Kulitz, que salientou ir o financiamento atribuído ser aplicado na execução de projectos agrícolas, nomeadamente nas plantações de cacau, café e pimenta.

O delegado da União Europeia em São Tomé e Príncipe assegurou que a verba visa aumentar as exportações do país, a fim de garantir uma “economia sustentada por um produto agrícola de qualidade elevada” e preservar o ambiente e as florestas do país.

Parte da verba atribuída pela União Europeia destina-se, de acordo com Kulitz, a dar formação aos agentes e trabalhadores agrícolas.

Apesar das actividades de prospecção petrolífera no mar do arquipélago, o cacau continua a ser a base da economia de São Tomé e Príncipe, com um peso de mais de 90% nas exportações agrícolas, seguido do coco, café e pimenta e flores. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH