Economia de Angola com crescimento quase nulo em 2016

24 January 2017

O Produto Interno Bruto (PIB) de Angola deverá ter registado um crescimento marginal de apenas 0,1% em 2016, disse segunda-feira em Luanda o director do Gabinete de Estudos e Relações Internacionais do Ministério das Finanças.

Patrício Neto, durante a apresentação do Plano Anual de Endividamento do Estado angolano para 2017, disse ainda que o défice orçamental deverá ter ficado em 2,3% do PIB, inferior à previsão contida no Orçamento Geral do Estado revisto, de 6,8%, superior em 1,3 pontos percentuais à previsão inscrita na versão original do orçamento.

O aumento do défice orçamental foi nessa altura justificado com a necessidade de dar um “impulso de reanimação” à economia por via do investimento público, “que tem sido o motor do crescimento pelo lado da procura.”

Angola deverá ainda ter fechado 2016 com reservas sobre o exterior líquidas na ordem de 22 mil milhões de dólares, montante suficiente para cobrir 8,1 meses de importações.

O Governo angolano prevê, no Orçamento Geral do Estado para 2017, um défice orçamental de 5,8% do PIB, no valor de 1,139 biliões de kwanzas (6,8 mil milhões de dólares) e um crescimento económico de 2,1%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH