Banca em Angola solicita ajuda pública para ultrapassar falta de liquidez

24 January 2017

Os bancos de Angola solicitaram o apoio do governo para a criação de um fundo de resgate que proteja os depositantes da falta de liquidez do sistema financeiro do país provocada pela queda dos preços do petróleo nos últimos anos, disse o presidente da Associação de Bancos Angolanos.

Amílcar Silva disse ainda à agência financeira Bloomberg que os bancos devem ser ajudados porque têm problemas de liquidez que podem causar situações negativas em todo o sistema, colocando em causa a sua credibilidade.”

A assistência financeira poderá vir directamente dos cofres públicos ou em regime de partilha entre todos os 28 bancos que operam em Angola, adiantou o presidente da Associação de Bancos Angolanos.

Amílcar Silva, líder da associação que representa 24 instituições financeiras do país, não especificou se a ajuda aos bancos seria facultada através da injecção de liquidez que melhoraria a conversão mais célere de activos de curto prazo em dinheiro ou da injecção directa de capitais nos bancos mais problemáticos.

A queda dos preços do barril de petróleo, principal produto de exportação de Angola, deu origem a uma crise económico-financeira, com o malparado a mais do que triplicar para 15% do crédito concedido no final de Setembro de 2016 face aos níveis registados em 2010.

Amílcar Silva disse ainda que os bancos mais pequenos foram particularmente afectados pela crise, acrescentando que as receitas deverão ter melhorado “ligeiramente” em 2016, depois de o banco central ter aumentado as taxas de juro por três ocasiões durante o ano passado para o máximo histórico de 16%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH