Angola divulga oportunidades de investimento no sector mineiro

7 February 2017

O Ministério da Geologia e Minas de Angola divulga hoje, terça-feira, na Cidade do Cabo, África do Sul, os resultados obtidos até à data com a execução do Plano Nacional de Geologia (Planageo), no decurso da edição de 2017 da conferência internacional “Mining Indaba”, informou segunda-feira o titular da pasta.

O ministro Francisco Queiroz adiantou no final de uma visita ao “stand” de Angola que a conferência a ser organizada pelo seu ministério pretende, além de divulgar os resultados já obtidos com o Planageo, sensibilizar as empresas estrangeiras relativamente às oportunidades de investimento em Angola.

Francisco Queiroz adiantou que Angola tem toda a vantagem em promover as oportunidades de investimento que existem no país em encontros internacionais semelhantes a este “Mining Indaba” que se realizam no Canadá, Estados Unidos da América, Europa e Austrália.

A edição de 2017 do Mining Indaba, conferência internacional de minas, iniciou-se segunda-feira, na cidade do Cabo, com a participação de investidores, financiadores, bancos, empresas ligadas ao sector mineiro, consultores e companhias de seguros.

Trata-se de um evento que procura captar investimentos para o sector e contribuir para o crescimento e desenvolvimento do continente africano.

Sob o lema “Aproveitando a próxima onda de crescimento: como se pode investir na actividade mineira em África para obter lucros a longo prazo”, o fórum junta, durante quatro dias, especialistas ligados ao sector mineiro.

O certame augura encontrar saídas para fomentar o sector de extrema importância para o continente, na medida em que muitas nações africanas apostam na reactivação dos projectos mineiros nos respectivos países.

A par da conferência decorre, em simultâneo, uma feira, onde Angola está representada pelo Ministério da Geologia e Minas, com um “stand” que expõe material de promoção da estratégia governamental para o sector, das operadoras do Planageo e de empresas privadas que operam no país. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH