Fitch Ratings mantém notação de risco de Macau em “AA-“

28 February 2017

A agência Fitch Ratings manteve as notações de risco de longo prazo de Macau em moeda estrangeira e local em “AA-” com uma perspectiva de evolução estável, de acordo com uma informação divulgada pela agência à Macauhub.

A Fitch Ratings afirma na argumentação que acompanha a informação que a notação de risco de Macau tem por base uma situação excepcionalmente forte de finanças públicas e de contas externas, que se continua a fortalecer não obstante três anos consecutivos de contracção económica.

Do lado negativo estão a elevada volatilidade do Produto Interno Bruto de Macau, a elevada concentração económica no sector do jogo e nos turistas da China continental, bem como a susceptibilidade do território face a alterações aprovadas e aplicadas na China.

A agência recorda ter a economia de Macau voltado a crescer nos últimos dois trimestre de 2016, com crescimentos de 4,4% e de 7,0% nos terceiro e quarto trimestres, que não foi suficiente para impedir que o ano encerrasse com uma contracção económica de 2,1%.

Para 2017 a Fitch antecipa um crescimento económico de 2,5%, de novo suportado pelo aumento das receitas do jogo na sequência da abertura de novos estabelecimentos hoteleiros e de jogo.

O orçamento de Macau mantém um saldo positivo elevado não obstante a contracção económica, estimando a Fitch que o saldo positivo em 2016 tenha sido de 6,2% do Produto Interno Bruto e antecipando para 2017 um excedente de 5,6 mil milhões de patacas ou 1,5% do Produto Interno Bruto.

A Fitch Ratings recorda no documento enviado à Macauhub que Macau não tem dívida pública, tendo uma gestão criteriosa durante os anos de grande expansão económica permitido acumular uma quantidade elevada de recursos financeiros, que cresceu para 137% do PIB no final de 2016. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH