China e Guiné-Bissau analisam reforço das relações de cooperação

6 March 2017

Uma delegação governamental da República Popular da China iniciou este fim-de-semana uma visita de trabalho à Guiné-Bissau, durante a qual os dois países irão passar em revista as relações de amizade e de cooperação e perspectivar o seu reforço.

A delegação chinesa, dirigida pelo director-geral do Departamento para as relações africanas do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China, Ling Song Tiang, foi já recebida em audiência pelo primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló.

Na ocasião, Ling Song Tiang realçou o facto das relações entre Pequim e Bissau terem “resistido às vicissitudes da conjuntura internacional e tornar-se, com o passar do tempo, mais consolidadas.”

Ling adiantou que os dois países irão discutir e escolher a forma mais eficaz para elevar o relacionamento mútuo e acrescentou que a China esta a estará ao lado da Guiné-Bissau no combate à pobreza e na promoção de um desenvolvimento sustentável.

Em relação aos vários projectos que a China projecta executar na Guiné-Bissau, nomeadamente na área da agricultura e infra-estruturas, Ling Song Tiang prometeu que a aceleração desses processos “a fim de que os frutos da cooperação bilateral sejam visíveis.”

A delegação que termina a visita esta semana, será recebida também pelos presidentes da República, José Mário Vaz e do parlamento, Cipriano Cassamá. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH