Governo do Brasil arrecada mais de mil milhões de dólares com concessão de aeroportos

17 March 2017

Três grupos estrangeiros vão gerir quatro aeroportos do Brasil, por cujas concessões pagaram 3,72 mil milhões de reais (1,17 mil milhões de dólares), no decurso de um leilão realizado quinta-feira em Brasília, informou a Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária.

O investimento mínimo projectado para os quatro aeroportos – Porto Alegre, Salvador, Fortaleza e Florianópolis – é de 6,61 mil milhões de reais durante o prazo de concessão, que será de 30 anos (prorrogável por mais 5), com excepção do aeroporto de Porto Alegre, cujo prazo é de 25 anos (prorrogável por mais 5).

A operadora alemã Fraport, que administra cinco aeroportos na Europa, cinco na Ásia, dois em África e um na América Latina, venceu a disputa pelos aeroportos de Fortaleza (capital do estado do Ceará) e Porto Alegre (capital do estado do Rio Grande do Sul).

A Fraport pagou 1,5 mil milhões de reais pelo aeroporto de Fortaleza e 382 milhões pelo aeroporto de Porto Alegre.

A Flughafen Zürich AG, que administra o aeroporto de Zurique, arrematou o aeroporto de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, com um proposta de 241 milhões de reais.

Por último, o grupo francês Vinci Airports, um dos maiores de construção e concessões na Europa, foi o vencedor do leilão respeitante ao aeroporto de Salvador, capital do estado da Bahia, com uma oferta de 1,6 mil milhões de reais.

Os aeroportos de Brasília, Guarulhos (São Paulo), Viracopos (Campinas), Galeão (Rio de Janeiro) e Confins (Minas Gerais) foram já entregues em regime de concessão à iniciativa privada. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH