Empresas da China investiram mais de 50 mil milhões de dólares nos países de língua portuguesa

O investimento das empresas da China nos países de língua portuguesa ascende a 50 mil milhões de dólares e o valor das empreitadas nesses países excede 90 mil milhões de dólares, disse o secretário-geral adjunto do Fórum de Macau indicado pela China.

Ding Tian, que usava da palavra numa sessão sobre oportunidades de negócio nos países de língua portuguesa organizada Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, salientou que as trocas comerciais entre a China e os “oito” totalizaram quase 100 mil milhões de dólares em 2016, continuando a China a ser “um dos mais importantes parceiros” desses países.

O secretário-geral adjunto do Fórum de Macau indicado pela China adiantou que Macau tornou-se “uma ponte indispensável entre as partes – China e países de língua portuguesa” devido às suas vantagens singulares.

Na sessão, que atraiu representantes dos sectores do comércio e logística, Glória Batalha Ung, vogal executiva do IPIM, reiterou que Macau está a “desenvolver esforços no sentido de construir a plataforma de serviços” entre a China e os países de língua portuguesa, a fim de permitir que as pequenas e médias empresas, bem como os jovens empresários locais, fiquem melhor informados.

Glória Ung recordou que o IPIM envia todos os anos delegações de Macau e da China continental para visitas de estudo a países de língua portuguesa e confirmou que, em meados de Junho deste ano, haverá uma deslocação a Cabo Verde para o “Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os países de Língua Portuguesa 2017.”

Para esta sessão foram convidados como oradores representantes de empresas que já investiram ou fizeram negócios com Angola, Brasil, Portugal e Timor-Leste. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH