Grupo Obtala prepara bases para expandir negócio florestal em Moçambique

29 March 2017

O grupo Obtala Limited está a aproveitar o período de defeso florestal em Moçambique para lançar as bases para a expansão do negócio e para o aumento da produtividade nas operações em curso no país, informou o grupo em comunicado divulgado segunda-feira.

O defeso na exploração de recursos florestais imposto pelo governo de Moçambique de 1 de Janeiro a 31 de Março de cada ano está igualmente a ser aproveitado pelo grupo para proceder à manutenção e reparação do equipamento bem como para planificar as actividades até ao final de 2017.

Em resultado da reparação de algum equipamento, a subsidiária moçambicana do grupo aproveitou a madeira que tinha cortada no quarto trimestre de 2016 para produzir 1500 chulipas, que foram entregues aos clientes em Fevereiro passado e aumentar a capacidade da serração localizada em Uape para processar uma média de nove metros cúbicos de madeira por dia.

O grupo pretende aumentar as duas concessões que estavam em exploração no final de 2016 para cinco concessões em actividade, decorrendo actualmente o processo de recrutamento de capatazes e de pessoal bem como de equipamento, que deverá chegar ao local no segundo trimestre do ano em curso.

O comunicado divulgado informa igualmente ter sido identificado uma localização para a nova serração a ser construída em Nampula, devendo a construção dos edifícios e colocação do equipamento ficar concluído até ao final de 2017, que deverá adicionar uma capacidade de produção de mais ou menos 100 metros cúbicos por dia.

O grupo Obtala, com sede em Guernsey, dispõe de 10 concessões florestais em Moçambique que ocupam uma área de 120 mil hectares.

Em comunicado divulgado terça-feira o grupo anunciou ter chegado a um acordo de princípio com a Wealth Rank Limited, sociedade com sede em Hong Kong, para emitir 20 milhões de acções com um valor de emissão de quatro milhões de libras. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH