Macau regista défice comercial de 1226 milhões de dólares em Janeiro/Fevereiro

3 April 2017

O défice comercial registado em Macau em Janeiro/Fevereiro no montante de 9812 milhões de patacas representou uma diminuição de 3,6% relativamente ao valor contabilizado no período homólogo de 2016, quando atingiu 10 181 milhões de patacas, informaram os Serviços de Estatística e Censos.

O défice acumulado nos dois primeiros meses do ano em curso foi o resultado de exportações que cresceram 11,2% para 1876 milhões de patacas e de importações que caíram 1,5% para 11 688 milhões de patacas em termos homólogos.

Alguns dos produtos importados pelas empresas do território sofreram quedas significativas, caso dos materiais de construção (239 milhões de patacas e uma variação de -29,3%) e dos automóveis de passageiros e motociclos (187 milhões de patacas e -14,8%), enquanto outros apresentaram a variação inversa, como a joalharia em ouro, que aumentou 25,2% para 1180 milhões de patacas e os relógios de pulso, cujo valor subiu 36,7% para 842 milhões de patacas.

Em Fevereiro, a balança comercial registou um défice de 4279 milhões de patacas, praticamente semelhante ao de 4215 milhões de patacas observado um ano antes, na sequência de exportações que ascenderam a 904 milhões de patacas (+27.5% em termos homólogos) e importações no valor de 5183 milhões de patacas (+5,2%). (Macauhub)

O valor dos produtos exportados por Macau em Janeiro/Fevereiro para os países de língua portuguesa ascendeu a 200 mil patacas (+25,6%) e o dos produtos importados alcançou 103 milhões de patacas (+12,9%). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH