Japão paga reconstrução de pontes rodoviárias em Moçambique

2 May 2017

A Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA, na sigla em inglês) vai entregar 31 milhões de dólares para que a Administração Nacional de Estradas possa lançar os concursos de reconstrução de três pontes na província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, informou o representante daquela agência governamental.

 

“Esta é uma das formas de a JICA contribuir para a activação da economia local, aumento do rendimento nacional e promoção do emprego”, disse Katsuyoshi Sudo, representante da agência, citado pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

 

Nos termos do acordo assinado sexta-feira em Maputo pela vice-ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Nyeleti Mondlane e por Katsuyoshi Sudo, as obras vão ser feitas ao longo da estrada nacional 380, entre Sunate e Oasse, com duas pontes (de 60 e 45 metros de extensão) sobre o rio Messalo e outra sobre o rio Mapuede (com 45 metros de extensão).

 

A vice-ministra disse no final da cerimónia que a reconstrução das três pontes vai permitir, além de dinamizar a economia da província, promover o desenvolvimento da rede de estradas entre o centro e norte do país, bem como para os países vizinhos, através do Corredor de Nacala, na província setentrional de Nampula.

 

O apoio para a reconstrução das pontes resulta de acordos estabelecidos durante a visita do presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, ao Japão, em Março passado. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH