Produção de castanha de caju em Moçambique atinge recorde de 30 anos em 2017

5 May 2017

A produção de castanha de caju em Moçambique este ano atingiu 137 400 toneladas na presente campanha, superando a previsão inicial de 120 mil toneladas e sendo já considerada como a maior dos últimos 30 anos, anunciou o director do Instituto Nacional do Caju (Incaju).

Ilídio Afonso Bande, citado pelo jornal “Diário de Moçambique”, disse que na campanha de 2016 a produção de castanha foi de apenas 104 mil toneladas.

O director do Incaju adiantou que o aumento da produção de castanha ficou ainda a dever-se ao facto de se estar a registar um período de equilíbrio na distribuição das chuvas, não obstante a tendência para a escassez no sul do país.

Foram igualmente factores positivos o facto de as chuvas terem ocorrido num momento favorável que permitiu a passagem à fase da floração e os esforços no fomento da produção, com a introdução de diversas variedades de plantas.

A província nortenha de Nampula assumiu uma posição expressiva, com uma contribuição de 44% na produção global, seguindo-se a vizinha Cabo Delgado (com 15%) e central da Zambézia (12%).

Moçambique chegou a ser na década de 70 do século passado o maior produtor mundial de castanha de caju, com uma produção anual de 216 mil toneladas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH