Seca limita produção de energia hidroeléctrica em Moçambique

5 May 2017

A Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) vai reduzir a produção de energia eléctrica devido ao baixo nível de água na albufeira, provocado pela seca dos últimos anos na sub-região, anunciou o presidente da empresa que explora a barragem no rio Zambeze, na província de Tete, Moçambique.

 

A água existente na albufeira vai ser racionada, indo a empresa encerrar duas das cinco turbinas de que dispõe para produzir electricidade, baixando a produção para 1200 megawatts.

 

Informação disponibilizada na página electrónica da empresa relativa a 2 de Maio indica que o nível de água na albufeira atinge 319,9 metros (em relação ao nível médio das águas do mar), valor que representa uma melhoria relativamente aos 312 metros registados no final de 2016, o nível mais baixo dos últimos 26 anos.

 

Metade da energia eléctrica produzida em 2016 foi vendida à companhia eléctrica pública da África do Sul, Eskom, cerca de 4% foi exportada para o Zimbabué e o resto foi consumido em Moçambique.

 

O matutino Notícias, de Maputo, escreveu também que a seca está a afectar outras barragens, caso da dos Pequenos Libombos, que abastece de água a capital, Maputo.

 

Dados da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos de Moçambique indicam que a albufeira desta barragem encontra-se a 28% do nível pleno de abastecimento no final da época das chuvas, obrigando a restrições no abastecimento. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH