Timor-Leste inaugura sistema electrónico interbancário

O primeiro sistema electrónico interbancário de Timor-Leste iniciou-se recentemente com a ligação das actuais infra-estruturas dos cinco bancos comerciais que operam no país à rede montada pela empresa portuguesa SIBS, informou o Banco Central.

A rede permitirá aos titulares de cartões de débito emitidos por bancos em Timor-Leste (ou cartões VISA emitidos por bancos estrangeiros) a utilização dos caixas automáticos (ATM) ou dispositivos POS em Timor-Leste, para efectuar levantamentos de numerário ou realizar pagamentos de bens e serviços, bem como dos cartões de crédito assim que estes sejam emitidos por bancos locais.

A empresa SIBS, que em Portugal gere a rede Multibanco, venceu o concurso internacional para o projecto que permitirá alargar de forma significativa os serviços disponíveis para clientes dos bancos actualmente a operarem em Timor-Leste, o português BNU, o australiano ANZ, os indonésios Mandiri e BRI e o timorense BNCTL.

A rede interbancária vai ficar igualmente integrada com as três redes de comunicações móveis, de forma a permitir a oferta de uma série de serviços de pagamento através de telefones ditos inteligentes, incluindo o carregamento, consulta de movimentos e a possibilidade de efectuar pagamentos, através do telefone, a pessoas e estabelecimentos comerciais.

A prazo, adiantou o Banco Central de Timor-Leste, serão desenvolvidas aplicações que permitirão o pagamento de impostos, taxas, direitos aduaneiros, “para permitir que os cidadãos possam liquidar as suas obrigações fiscais, bem como outras taxas e encargos, sem necessidade de se deslocarem ao banco.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH