Companhias aéreas de Moçambique saem da lista negra da União Europeia

17 May 2017

As companhias aéreas de Moçambique foram retiradas da lista negra da União Europeia, na sequência de melhorias registadas no sistema de segurança aérea, anunciou a Comissão Europeia em comunicado divulgado terça-feira em Bruxelas.

Além das companhias aéreas de Moçambique as do Benin também foram retiradas da lista negra, a que foram adicionadas quatro outras companhias, Med-View (Nigéria), Mustique Airways (São Vicente e Granadinas), Aviation Company Urga (Ucrânia) e Air Zimbabwe (Zimbabué).

Esta decisão surge na sequência de melhorias introduzidas pelo Instituto de Aviação Civil de Moçambique e pelas Linhas Aéreas de Moçambique no sentido de melhorar ainda mais os sistemas de supervisão da segurança, de gestão da segurança e a aplicação das normas internacionais de segurança da aviação.

A lista negra europeia inclui, depois desta revisão, 181 companhias aéreas de 16 países.

Moçambique assinou há dias um acordo com a França visando a realização de voos regulares por parte das companhias aéreas dos dois países. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH