China apoia criação de Zona Económica Especial em Cabo Verde

22 May 2017

A China vai apoiar a criação de uma Zona Económica Especial (ZEE) ligada ao mar na ilha cabo-verdiana de São Vicente, disse sábado o ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi, no decurso de uma reunião na Praia com o seu homólogo cabo-verdiano Luís Filipe Tavares.

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde anunciou que o governo chinês irá financiar também a construção de uma nova maternidade em São Vicente, para servir a região norte do país.

Durante o encontro, os dois ministros passaram em revista a cooperação económica e política entre os dois países, actualmente traduzida em 12 projectos, num valor estimado de 30 milhões de euros, de acordo com a agência noticiosa Lusa.

Luís Filipe Tavares adiantou que Cabo Verde vai começar agora a fazer o estudo de viabilidade económica dos projectos da Zona Económica Especial e da maternidade, estimando que estejam a funcionar até final da presente legislatura.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi, lembrou que a cooperação chinesa tem em atenção as necessidades do país, garantido o apoio necessário aos projectos cabo-verdianos.

O chefe da diplomacia chinesa sublinhou a importância da posição geográfica de Cabo Verde, adiantando que o governo cabo-verdiano “manifestou vontade de participar na iniciativa “Uma faixa, uma rota” do governo chinês.

Esta iniciativa inclui um conjunto de percursos ferroviários e rodoviários, oleodutos e portos, que se estendem da China até à Europa, com percursos alternativos que passam por países do sul da Ásia, Índia, Irão e Turquia e chegam à África. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH