Centenas de estabelecimentos hoteleiros de Angola em falência técnica

23 May 2017

Mais de 500 estabelecimentos hoteleiros de Angola encontram-se em situação de falência técnica, podendo vir a encerrar a actividade a curto prazo, de acordo com dados da Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHARA), citados pelo jornal angolano Expansão.

Um documento elaborado pela associação adianta que aquele número representa cerca de 17% de um universo de três mil empresas registadas do sector e acrescenta que a situação económica actual do país “está a atirar várias empresas do sector hoteleiro e turístico para a falência, provocando o despedimento de milhares de profissionais.”

A causa principal, de acordo com a AHARA, está na quase paralisação da economia que tem proporcionado taxas de ocupação muito baixas, uma média diária de 20%, uma situação que consideram” catastrófica” para os investidores.

O secretário-geral da Associação dos Hotéis e Resorts de Angola, Ramiro Barreira, recomendou em Abril passado aos proprietários dos estabelecimentos hoteleiros o estabelecimento de preços que estejam de acordo com o poder de compra das pessoas a fim de permitir aumentar a taxa de ocupação dessas unidades.

Ramiro Barreira salientou que estabelecimentos hoteleiros de algumas das províncias do país registam taxas de ocupação que se situam entre 5,0% e 15%, sendo necessário adoptar medidas no sentido de aumentar essa taxa para pelo menos 50%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH