Nippon Steel & Sumitomo Metal poderá comprar carvão em Moçambique

25 May 2017

O grupo siderúrgico japonês Nippon Steel & Sumitomo Metal está a analisar a compra de carvão de coque a Moçambique e outros países produtores a fim de procurar contrabalançar a volatilidade que se verifica nos preços do minério, afirmou o vice-presidente executivo do grupo.

Toshiharu Sakae disse à agência financeira Reuters que diversos países fornecedores estão a ser analisados, casos dos Estados Unidos e Canadá, Rússia e Mongólia, além de Moçambique, bem como a possibilidade de o grupo investir em explorações mineiras, nomeadamente russas.

Os custos dos produtores japoneses de aço relacionados com a aquisição de carvão aumentaram muito depois de um ciclone tropical ter atingido a Austrália em finais de Março, causando estragos nas linhas de caminho-de-ferro que transportam o minério até aos portos para exportação.

O preço do carvão de coque tem estado anormalmente volátil ao longo dos últimos 12 meses, tendo quase quadruplicado entre Março e finais de Novembro de 2016 para se reduzir para metade no final de Março de 2017, após o que o ciclone causou nova subida.

“A nossa dependência da Austrália não é uma situação ideal”, disse Toshiharu Sakae.

Em 2016, os produtores japoneses de aço compraram cerca de 71% dos 59,9 milhões de toneladas de carvão de coque a produtores da Austrália. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH