Governo de Cabo Verde compra 49% da companhia aérea Binter Cabo Verde

26 May 2017

A companhia aérea Binter Canarias concluiu a venda de uma participação de 49% na Binter Cabo Verde ao governo do arquipélago, escreveu o jornal espanhol ABC, que acrescentou que em troca a companhia aérea de bandeira cabo-verdiana deixa de voar entre ilhas a partir de 1 de Agosto.

O jornal escreveu ainda que a participação de 49% adquirida pelo governo do arquipélago será, a prazo, vendida a terceiros a fim de amortizar o negócio.

A Binter Canarias, detida a 100% pela Hesperia Inversiones Aéreas, um grupo de investidores das Ilhas Canárias, iniciou as negociações conducentes à venda da participação de 49% em Dezembro de 2016, depois da subsidiária Binter Cabo Verde ter começado a fazer voos entre ilhas em Junho desse mesmo ano.

O ABC escreveu também que o negócio ficou a dever-se ao facto de o governo do arquipélago pretender que a imagem do país como destino turístico não seja atingida, na sequência da quase falência da companhia aérea de bandeira, a Transportes Aéreos de Cabo Verde.

A participação agora comprada pelo governo cabo-verdiano será posteriormente colocada à venda, muito provavelmente em bolsa, desconhecendo o jornal qual a praça, se Lisboa, Nova Iorque ou mesmo a de Cabo Verde.

O ministro da Economia, José Gonçalves, anunciou terça-feira que a companhia Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) iria deixar de voar entre ilhas a partir de 1 de Agosto, indo essas rotas ser asseguradas pela Binter Cabo Verde. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH