Presidente afirma que Moçambique regressou ao crescimento económico

15 June 2017

Moçambique apresenta sinais claros de estar a ultrapassar os obstáculos que enfrenta há algum tempo, disse quarta-feira em Washington o Presidente da República, que acentuou que o país regressou ao crescimento económico e ao desenvolvimento.

Esta ideia foi transmitida por Filipe Nyusi no discurso que proferiu na abertura da XI Cimeira Bienal de Negócios EUA/África, realizada na capital dos Estados Unidos da América e que juntou mais de 700 participantes entre governantes, agentes económicos e instituições financeiras.

Citado pela agência noticiosa AIM, Nyusi disse que a economia de Moçambique voltou ao crescimento, na sequência da descoberta de recursos naturais de grande valor económico, como o gás natural e o carvão, cuja exploração conta com a presença de empresas norte-americanas.

O Presidente moçambicano salientou o recente lançamento oficial, em Maputo, do projecto de produção de gás natural liquefeito Coral Sul, através de uma plataforma flutuante a ser instalada no alto-mar, cujo financiamento foi conseguido junto de 15 bancos internacionais.

Filipe Nyusi recordou que os EUA marcam presença neste sector como parceiro estratégico, acreditando-se que o investimento norte-americano poderá tornar Moçambique como um dos maiores produtores de gás natural no mundo, tanto a montante como em toda a sua cadeia de valor.

O Presidente de Moçambique conclui iniciou terça-feira uma visita de trabalho de três dias aos Estados Unidos da América, encarada como uma oportunidade para o reforço das relações políticas, económicas e empresariais.

A visita de Filipe Nyusi aos EUA é a segunda em pouco menos de um ano, já que em Setembro de 2016 esteve no país numa visita de trabalho que antecedeu a sua participação na Assembleia Geral das Nações Unidas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH