Experiência do Fórum de Macau impulsiona cooperação da China com os países de língua portuguesa

26 June 2017

A secretária-geral do Fórum de Macau, Xu Yingzhen, disse em Lisboa que as experiências de cooperação e intercâmbio acumuladas ao longo de vários anos pela instituição que dirige podem ser aproveitadas para impulsionar a cooperação entre a China e os países de língua portuguesa.

Xu lembrou que a China possuiu um sofisticado sistema industrial que poderá vir a servir de base para o modelo de cooperação a desenvolver, os países de língua portuguesa dispõem de uma excelente localização a nível regional e a plataforma de Macau oferece vantagens próprias a todos.

A secretária-geral, que falava durante o Fórum Empresarial das Oportunidades de Negócio entre Portugal, China e a Região Administrativa Especial de Macau, revelou que o Secretariado Permanente vai lançar uma série de iniciativas para promover a cooperação da capacidade produtiva, nomeadamente através da recolha de informação pormenorizada com vista a promover parcerias em projectos entre a China e os países de língua portuguesa.

Entre as iniciativas referidas por Xu salientam-se ainda a promoção de projectos de cooperação trilaterais ou multilaterais a partir de Macau e o intercâmbio e a formação de quadros qualificados.

O Fórum de Macau continuará a dar a conhecer e a realçar o papel e as vantagens de Macau enquanto plataforma para reforçar a cooperação entre a China e os países de língua portuguesa.

Durante a visita a Portugal, a secretária-geral referiu que a “cooperação estreita” entre a China e Portugal tem obtido resultados notórios nas vertentes económica, comercial e de investimento.

As trocas comerciais entre a China e Portugal ascenderam no ano passado a 5,62 mil milhões de dólares, representando um aumento de 28,5% em comparação com 2015.

A China tem aumentado os seus investimentos em Portugal, cujo valor atingiu oito mil milhões de dólares. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH