Província da China assina acordo pesqueiro com São Tomé e Príncipe

A província de Fujian e São Tomé e Príncipe vão efectuar estudos visando a actividade de pesca industrial águas territoriais do arquipélago, disse terça-feira à agência Macauhub em São Tomé o director-geral das Pescas são-tomense, João Pessoa.

Os estudos surgem ao abrigo de um acordo de cooperação na área das pescas assinado recentemente em São Tomé por João Pessoa e por Li Gangsheng, vice-chefe de uma missão daquela província da China.

Depois de visitas “a vários pontos de interesse pesqueiro” no arquipélago, a equipa técnica chinesa concluiu que “São Tomé e Príncipe dispõe de grandes potencialidades para o desenvolvimento da pesca industrial”, disse João Pessoa.

Comentando o acordo assinado, que contempla formação e investigação relacionada com a actividade pesqueira, Lin Xuefeng, chefe da missão de Fujian, salientou existir um potencial elevado para o desenvolvimento da pesca entre a província e o arquipélago são-tomense.

Trata-se de primeiro acordo de pescas formalizado entre São Tomé e Príncipe e a República Popular da China, após a assinatura em Abril último em Pequim do acordo geral da cooperação entre os dois países.

Dezenas de navios da União Europeia pescam nas águas territoriais são-tomenses ao abrigo de um acordo de captura do atum que rende ao arquipélago cerca de 1,2 milhões de dólares anuais, limitando-se as pequenas embarcações de São Tomé e Príncipe, “as canoas“, à pesca artesanal de sobrevivência. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH