Banco central de Cabo Verde adjudica construção de nova sede

5 July 2017

A nova sede do Banco de Cabo Verde (BCV) irá resolver os actuais problemas logísticos e de segurança e será uma referência arquitectónica e turística do país, disse terça-feira na Praia o governador da instituição.

A nova sede, com um custo estimado de 17 milhões de euros, ficará localizada no bairro da Achada de Santo António, o mais populoso da cidade da Praia e onde se encontram edifícios como a Assembleia Nacional, a Embaixada de Portugal ou a representação das Nações Unidas em Cabo Verde.

A nova sede, cuja construção foi entregue a um consórcio hispano-cabo-verdiano, será constituída por três edifícios, dois de apenas um piso, onde ficará localizado o cofre-forte e as zonas de destruição de dinheiro e instalações sociais e um com seis andares para escritórios.

Na sessão de adjudicação da empreitada, o governador salientou que a necessidade do contínuo reforço da capacidade institucional do BCV não se coaduna com a persistência de constrangimentos de natureza logística e de segurança para a autoridade de regulação e supervisão.

A construção da nova sede será financiada através do Fundo de Pensões dos trabalhadores do banco central que iniciaram funções até 1993 e cedida ao Banco de Cabo Verde em regime de locação financeira.

O processo de construção da nova sede do banco central de Cabo Verde remonta a 1992, com a compra do terreno, tendo cinco engenheiros do Banco de Portugal colaborado posteriormente na elaboração dos projectos de arquitectura e de especialidades do edifício. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH