Angola deixa de ser o maior produtor de petróleo em África

14 July 2017

Angola perdeu em Maio e agravou em Junho a posição de principal produtor de petróleo em África, tendo a Nigéria voltado a ocupar esse lugar, de acordo com o relatório mensal do mercado petrolífero relativo a Julho de 2017.

Tendo por base fontes secundárias, Angola produziu em Maio 1,602 milhões de barris de petróleo contra 1,637 milhões de barris da Nigéria, tendo essa diferença aumentado em Junho com a produção angolana de 1,668 milhões de barris e nigeriana de 1,733 milhões de barris.

Em Junho comparativamente a Maio a produção angolana aumentou 66 mil barris por dia, ao passo que a nigeriana registou um acréscimo de 96,7 mil barris por dia.

Tendo por base a comunicação directa, Angola perde apenas em Junho a primeira posição enquanto maior produtor de petróleo no continente africano pela diferença de apenas 1000 barris por dia, com uma produção de 1,662 milhões de barris contra 1,663 milhões de barris da Nigéria.

Em Junho a produção da Nigéria cresceu 168,8 mil barris por dia, enquanto a de Angola aumentou 69 mil barris.

Entretanto, a agência noticiosa Lusa escreveu que em Junho passado o valor médio do barril de petróleo vendido por Angola situou-se em 44,5 dólares, já abaixo dos 46 dólares que estiveram na base da elaboração do Orçamento de Estado para 2017.

A agência escreveu ainda que o valor obtido com a venda de um barril de petróleo em Junho representou uma quebra de seis dólares relativamente ao montante obtido em Maio. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH