Conglomerado chinês HNA conclui compra de participação em aeroporto do Rio de Janeiro, Brasil

14 July 2017

O conglomerado chinês HNA concluiu a compra por 19 milhões de dólares da participação do grupo brasileiro Odebrecht no consórcio RioGaleão que gere o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, informaram as duas entidades em comunicado divulgado quinta-feira.

O consórcio RioGaleão controla 51% do capital do aeroporto, sendo 31% da Odebrecht Transport, o braço logístico do grupo brasileiro e 20% da Changi Airports International, operadora do aeroporto de Singapura, sendo que os restantes 49% estão aos mãos da estatal Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), criada em 1972 para operar os principais aeroportos comerciais do país.

Este negócio, que havia sido anunciado em Abril passado, está ainda dependente da aprovação das entidades reguladoras brasileiras, caso do Conselho Administrativo de Defesa Económica (CADE) e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

O grupo HNA é um conglomerado com sede na ilha de Hainão que opera nos sectores de aviação, indústria, turismo, logística e financeiro e que se tornou accionista da companhia Azul – Linhas Aéreas Brasileiras ao ter pago 1,7 mil milhões de reais por uma participação de 23,7%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH