Província de Cabinda, Angola, inicia exploração de fostatos

A empresa angolana “Mongo Tando” iniciou Sábado a exploração de fosfatos na localidade de Cácata, em Cabinda, no norte de Angola, numa área 21,16 quilómetros quadrados onde existem mais de 10,2 milhões de toneladas de rocha fosfatada.

Com um investimento de 120 milhões de dólares e uma previsão de produção anual de 800 mil toneladas de fosfatos a exploração de Cácata vai empregar 250 pessoas.

A empresa prevê extrair e exportar cerca de um milhão de toneladas por ano de fosfatos além de produzir fertilizantes para a produção agrícola.

A fase de prospecção das jazidas de fosfato iniciou-se em 2009 com a abertura de furos ao longo do perímetro da concessão, para identificar a melhor área para a exploração dos fosfatos. (Macauhub)

 

 

MACAUHUB FRENCH