Grupo Obtala expande operações florestais em Moçambique

26 July 2017

O grupo Obtala concluiu no segundo trimestre a aquisição de um terreno com 10,5 hectares para a construção de uma nova serração em Nampula, norte de Moçambique, entretanto já iniciada, de acordo com o relatório trimestral de actualização dos negócios.

O relatório informa que o grupo dispõe ainda de uma opção para adquirir mais 4,5 hectares e acrescenta terem os trabalhos de construção sido já iniciados, estando previsto que esta nova unidade produza 100 metros cúbicos de madeira processada por dia.

A época de corte de árvores já teve início em Moçambique, prevendo o grupo um aumento da produtividade com a chegada ao país de novos equipamentos e na sequência da opção de novos processos, tendo sido aprovados planos de gestão cobrindo uma área de 135,5 mil hectares, que se traduz no corte autorizado de 41 mil metros cúbicos de madeira.

O grupo afirma no documento manifesta a sua concordância com as novas normas aprovadas pelo governo de Moçambique no sentido de pôr termo ao abate ilegal de árvores e de favorecer as empresas que respeitam as regras em vigor e que procedem ao processamento da madeira no país, adicionando assim valor acrescentado.

O facto mais marcante do segundo trimestre foi a aquisição através da subsidiária Argento da empresa Woodbois International, que dispõe de uma concessão florestal no Gabão com uma área de 96,8 mil hectares e de uma serração com uma capacidade de processamento de 42 mil metros cúbicos/ano.

Paul Dolan, presidente executivo do grupo com sede em Guernsey, afirma no documento que a compra da Woodbois International vai permitir criar sinergias com as operações florestais em Moçambique. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH