Brasil procura parcerias na China com seminário realizado em Nanchang

28 July 2017

Representantes do governo do Brasil concluem dia 30 de Julho uma visita de uma semana à China no decurso da qual participam na cidade de Nanchang, capital da província de Jiangxi, no seminário “A capacidade de governação para os chefes de governos estaduais do Brasil”, de acordo com a imprensa brasileira.

Os secretários de Estado de Gestão, Júlio Modesto, do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC), Fausto Freitas e a assessora de Assuntos Internacionais do Gabinete de Governo, Rita Chiletto, são os três funcionários superiores do governo brasileiro que se deslocaram à China a convite da embaixada chinesa no Brasil para uma visita coordenada Ministério do Comércio da República Popular da China (Mofcom).

Rita Chiletto disse que depois de visitas a Xangai e às cidades históricas de Wuzhen e Hangzhou o trio regressou a Nanchang onde, no âmbito do seminário, efectuou uma apresentação sobre o Brasil, “basicamente sobre o que o país comercializa, as relações que tem com a China actualmente e as parcerias potenciais que poderiam ser viabilizadas por região.”

O seminário tem por objectivos debater os modelos de governação dos dois países, identificar áreas potenciais de investimentos e parcerias, levando em consideração a expressiva população chinesa, que ronda 1300 milhões de pessoas e a preocupação chinesa com a segurança alimentar, ponto em que o estado de Mato Grosso se assume como um importante parceiro comercial da China.

Além destes três representantes do governo federal do Brasil, a missão inclui quadros superiores dos governos de vários estados do Brasil, entre eles Paraíba, Santa Catarina; Rio de Janeiro, Bahia, Goiás, Alagoas e Paraná. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH