Banco estatal português encerra sucursal “offshore” em Macau

31 July 2017

A sucursal “offshore” do banco estatal português Caixa Geral de Depósitos em Macau vai ser encerrada até ao final do ano, anunciou o presidente executivo da instituição, ao divulgar na passada sexta-feira as contas relativas ao primeiro semestre.

Paulo Macedo revelou que além da sucursal “offshore” de Macau será igualmente encerrada a das Ilhas Caimão, sendo a sucursal de Londres também encerrada, ficando a CGD a dispor na capital britânica de apenas um escritório de representação.

As duas sucursais “offshore” deixaram de receber depósitos desde o início do ano, havendo actualmente apenas cerca de 250 milhões de euros em depósitos nas Ilhas Caimão e cerca de 350 milhões de euros em Macau, números que já têm vindo a descer, tendo os clientes sido notificados no sentido de serem encontradas outras opções ou terminada a relação.

O grupo CGD ficará em Macau apenas com o Banco Nacional Ultramarino, instituição de direito local e um dos dois bancos emissores do território, em conjunto com o Banco da China.

A Caixa Geral de Depósitos, instituição bancária que foi recentemente objecto de uma acção de capitalização de cerca de 5000 milhões de euros, apresentou no primeiro semestre do ano prejuízos de 50 milhões de euros, depois em 2016 ter registado um prejuízo histórico de 1859 milhões de euros. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH