China Investment Fund negoceia exploração de depósitos de minério de ferro em Angola

1 August 2017

O governo de Angola e o grupo China Investment Fund (CIF) estão a negociar um projecto de exploração de depósitos de minério de ferro associado a uma siderurgia na província do Cuanza Norte, informou o director provincial da Indústria e Geologia e Minas.

Emanuel de Sousa disse que este projecto deverá ficar localizado no pólo industrial do Dondo e acrescentou estarem em preparação os estudos de viabilidade do projecto mineiro siderúrgico da Cerca, que abrange os municípios de Golungo Alto, onde se encontra a comuna da Cerca, e de Cambambe.

“O projecto do grupo CIF fica localizado no município de Cambambe, na zona do Muchau, junto a Nova Oeiras”, disse Emanuel de Sousa, em declarações segunda-feira à Rádio Nacional de Angola.

A região de Nova Oeiras foi o local onde, em 1771, o português Francisco Inocêncio Coutinho construiu a sua primeira fábrica de fundição de ferro, igualmente a primeira do género em África.

Em Julho passado, o ministro da Geologia e Minas de Angola anunciou que a exploração de dos depósitos de minério de ferro de Cassinga poderia ser retomada este ano, estando numa fase avançada as negociações entre a estatal Empresa Nacional de Ferro de Angola (Ferrangol) e uma empresa estrangeira.

O projecto integrado de Cassinga, situado no município da Jamba, a 315 quilómetros do Lubango, província da Huíla, integra minas em Cassinga e Cateruca, dispondo de um potencial para 15 milhões de toneladas de ferro, a serem exploradas durante dez anos, à razão de um milhão e 500 mil toneladas por ano. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH