Empresas de Angola investem na produção agro-pecuária

17 August 2017

Quatro empresas angolanas vão investir 310 milhões de dólares para a produção de cereais, produtos hortícolas, frutos e carne no Pólo Agro-industrial de Capanda (PAC), província de Malanje, ao abrigo de contractos de investimento quarta-feira assinados em Cacuso.

As empresas Cimagro Lda, Odebrecht Angola Lda, APB Lda e Sagia vão produzir numa área de 35 mil hectares, que abrange os municípios de Cacuso, Malanje e Cangandala, regiões constitutivas do PAC.

O presidente da Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agro-industrial de Capanda (Sodepac), Carlos Fernandes, disse no acto de assinatura dos contractos que com a entrada em funcionamento das quatro empresas a produção do pólo aumentará em cerca de cinco milhões toneladas de produtos diversos.

O secretário de Estado da Agricultura para o sector empresarial, Carlos Alberto Jaime, garantiu que o governo vai criar as condições para que se possa efectuar a remoção de matos e garantir o fornecimento de energia eléctrica nas áreas agrícolas e assistência técnica aos produtores.

O Pólo Agro-industrial de Capanda ocupa uma área de 411 mil hectares, dos quais 292 mil são terrenos com aptidão agrícola. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH