Sector bancário de Macau com saldo positivo sobre o exterior

17 August 2017

O total dos activos internacionais do sector bancário de Macau atingiu 1220,6 mil milhões de patacas (151,8 mil milhões de dólares) no final do primeiro semestre, valor que representa um crescimento homólogo de 4,5%, informou a Autoridade Monetária de Macau (AMCM).

A AMCM destacou o crescimento de 3,4%, correspondendo a 892,0 mil milhões de patacas, das disponibilidades sobre o exterior e de 7,6%, correspondendo a 328,5 mil milhões de patacas, nos activos locais em moedas estrangeiras.

As responsabilidades internacionais do sector bancário eram, por seu turno, de 1142,3 mil milhões de patacas (142,1 mil milhões de dólares), registando um crescimento de 3,2% relativamente ao período homólogo do ano anterior.

As responsabilidades para com o exterior registaram um decréscimo de 10,0%, atingindo 546,2 mil milhões de patacas e as responsabilidades internas em moedas estrangeiras registaram um acréscimo anual de 19,3%, atingindo 596,1 mil milhões de patacas.

Os depósitos em moedas estrangeiras dos residentes e do governo da Região Administrativa Especial de Macau nos bancos locais continuaram a representar a maior componente no total das responsabilidades internacionais, tendo crescido 19,2% para 531,3 mil milhões de patacas no final de Junho de 2017, contra 445,6 mil milhões de patacas um ano antes.

O comunicado divulgado pela AMCM informa ainda que a actividade bancária internacional de Macau distribuiu-se principalmente pela Ásia e Europa, sendo no final do período as quotas das disponibilidades do sistema bancário de Macau em Hong Kong e na China de 36,6% e 27,5% e de 2,1% e 2,0% no Reino Unido e em Portugal, respectivamente. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH