Feira Internacional de Maputo, Moçambique, inicia-se com a participação de 26 países

A 53ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM), a maior feira de negócios de Moçambique, decorre de hoje até 3 de Setembro, contando com a participação de 1940 empresas nacionais, 540 estrangeiras e 26 países, com a Bielorússia a estar presente pela primeira vez, escreveu a imprensa moçambicana.

Além de Portugal, Alemanha, Brasil e Reino Unido, com participações habitualmente elevadas, Angola estará este ano representada por seis empresas dos sectores da construção, prestação de serviços e indústria.

O presidente da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (Apiex), Belarmino Van-Dúnem, disse sábado em Luanda antes de partir para Maputo que a participação de Angola no evento é importante “pois vai permitir divulgar o nome do país e fazer com que os empresários possam contactar com colegas de outros países e eventualmente concluir negócios.”

“Vamos a Moçambique mostrar ao mundo o que Angola tem de melhor, atrair investidores para o país e abrir o caminho para os empresários angolanos fora das nossas fronteiras”, disse Van-Dúnem.

A edição de 2016 da FACIM contou com a participação de 2250 empresas moçambicanas e 630 estrangeiras, provenientes de 33 países.

A FACIM, antigamente conhecida por Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Moçambique, é o maior evento comercial com dimensão internacional do país, decorrendo este ano sob o lema “Fortalecendo as parcerias de investimento nacional e estrangeiro em Moçambique.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH