China doa ajuda alimentar a São Tomé e Príncipe

A China concedeu a São Tomé e Príncipe uma ajuda alimentar de mil toneladas de arroz, com um valor de mercado de cerca de um milhão de dólares, anunciou segunda-feira em São Tomé o embaixador da China no arquipélago, Wang Wei.

O embaixador, depois de ter procedido à entrega oficial do donativo ao ministro são-tomense das Finanças, Comércio e Economia, Américo Ramos, em cerimónia realizada no porto da capital, disse que “a ajuda resulta da cooperação bilateral” acordada após o restabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países.

Wang Wei disse ainda que o donativo visa apoiar a política de “segurança alimentar” lançada pelo governo de São Tomé e Príncipe, à qual se junta a “assistência técnica chinesa” através de quadros que se encontram no arquipélago no quadro da cooperação em agricultura.

Esta foi a primeira ajuda alimentar em arroz que a China concedeu a São Tomé e Príncipe, depois do restabelecimento de relações diplomáticas ocorrido em Dezembro de 2016 na sequência da ruptura com Taiwan.

São Tomé e Príncipe e a China assinaram em Abril último, em Pequim, um programa geral de cooperação nas áreas económica, científica e cultural e acordos específicos nos sectores de agricultura, pescas, energia, turismo, saúde e assistência técnica. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH