Bancos e empresas da China querem investir no Brasil

4 September 2017

O Banco de Desenvolvimento da China (BDC) está disposto a aumentar o financiamento para a realização de negócios entre empresas chinesas e do Brasil, garantiu o presidente da instituição financeira, Zheng Zhijie, durante um seminário realizado em Pequim.

No seminário sobre oportunidades de investimento no Brasil promovido sábado pela Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Zheng disse não ser possível ignorar as actuais tendências proteccionistas e anti-globalização e adiantou que, nesse cenário, a “relação pragmática” entre o Brasil e a China baseia-se na “confiança mútua e na complementaridade económica.”

No primeiro dia de permanência na China, o Presidente Michel Temer recebeu em audiência os representantes de quatro grandes grupos chineses com negócios no Brasil, casos da China State Grid, China Three Gorges, Huawei e HNA, accionista da companhia aérea Azul e, através desta, da TAP – Air Portugal.

Estes encontros e outros que se seguiram foram aproveitados pelo presidente brasileiro para apresentar o programa de privatizações recentemente anunciado pelo governo federal e que inclui, entre outras grandes empresas, a Eletrobras. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH