Fundo Soberano de Angola com resultado positivo de 44 milhões de dólares em 2016

20 September 2017

O Fundo Soberano de Angola obteve um resultado positivo de 7297 milhões de kwanzas (44 milhões de dólares) no exercício de 2016, o primeiro da sua história, invertendo a tendência de perdas consecutivas inscritas nos relatórios e contas dos anos anteriores, de acordo com um comunicado divulgado em Luanda.

Desde que foi constituído em 2012 com uma dotação financeira de 5000 milhões de dólares, este é o primeiro resultado positivo da história da entidade, que nesse mesmo ano declarou resultados negativos de 17,4 milhões de dólares, com a cifra a subir para 23,6 milhões de dólares em 2013.

Em 2014 os prejuízos aumentaram para 154,2 milhões de dólares, registando uma ligeira descida no ano seguinte para 134,8 milhões de dólares.

O comunicado sublinha que o resultado positivo conseguido resulta de uma “política de investimento prudente e do retorno positivo dos investimentos no ramo da agricultura e das infra-estruturas.”

Os activos totais do FSDEA passaram de 4,75 mil milhões de dólares, em 2015, para 4,99 mil milhões de dólares, em 2016, um acréscimo de 5,0%, sendo 58% na África a sul do Saara, 10% na América do Norte, 12% na Europa e 20% no resto do mundo.

O presidente do Conselho de Administração, José Filomeno dos Santos, citado no comunicado, destaca o facto do do Fundo Soberano de Angola ter alcançado a rentabilidade financeira em menos de três anos de actividade, “apesar do contexto difícil de investimento que se regista internacionalmente desde 2013.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH