Empresas efectuam levantamentos sísmicos em duas províncias de Moçambique

26 September 2017

Operações de pesquisa sísmica a fim de recolher dados que permitam ajuizar da existência de hidrocarbonetos em quantidades que justifiquem a exploração comercial iniciam-se na próxima semana na costa das províncias da Zambézia e de Nampula, anunciou recentemente o representante da empresa Petrolium.

Bruno Webder disse que a pesquisa, que se prolongará até Abril de 2018, será feita numa extensão de vinte quilómetros da costa das duas províncias, podendo abranger os distritos de Memba, Ilha de Moçambique, Nacala-a-Velha, Nacala-Porto e Mossuril, em Nampula e Quelimane, Nicoadala, Namacurra, Maganja da Ciosa, Chinde e Pebane na Zambézia.

A cidade de Quelimane acolheu na passada quinta-feira uma sessão pública para apresentação do cronograma do trabalho de pesquisas, tendo Bruno Webder garantido que todas as questões de segurança marítima, impacto ambiental e segurança das espécies marinhas estão acauteladas.

O representante da Petrolium, uma das duas empresas que irão proceder à recolha de dados sísmicos, disse que os trabalhos visam fundamentalmente proceder ao levantamento dos recursos naturais existentes naquelas regiões de Moçambique, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.

O Notícias informou ainda que o primeiro estudo feito em 2012, em Micaune, distrito de Chinde, apontou para a existência de indícios de ocorrência de petróleo. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH